NOTÍCIAS

10/04/2017 - Futebol Profissional

Um dos pilares do Tigre, João Francisco diz: me sinto honrado com essa camisa

"Sempre que visto a camisa do São Bernardo, me sinto em uma guerra". É assim que João Francisco se sente cada vez que fala sobre seu amor em vestir o manto do Tigre. Um dos pilares da equipe e prestes a completar 25 anos, o jogador quer ser um exemplo, dentro e fora de campo.

Apesar do resultado negativo no Campeonato Paulista, o zagueiro, que começou a competição como reserva, terminou como um dos mais elogiados e aclamados pelo torcedor. Seu espírito "raçudo" em campo conquistou fãs, enquanto sua liderança dentro das quatro linhas motivava o time em busca do resultado.

- Logo que retornei da Itália, procurei o São Bernardo e falei sobre meu desejo de voltar ao clube. Por coincidência, naquele dia, abriu uma vaga no quadro de zagueiros. Acertamos no mesmo dia. Nem conversamos muito sobre salários, pois meu desejo de voltar era muito grande - revela o jogador, antes de completar:

- Sabia que retornaria como opção e que teria que mostrar muito trabalho para conseguir uma oportunidade, mas confiei muito em mim. Sempre que visto essa camisa, me sinto muito honrado, e dou muito valor em cada jogo, em cada momento que tenho a oportunidade de representar essa torcida. Por saber o quanto foi difícil chegar até aqui, procuro dar o meu máximo sempre. Sempre que visto a camisa do São Bernardo, me sinto em uma guerra.

Segundo o jogador, o Bernô não merecia o rebaixamento no Paulistão. Ainda triste com a situação, Francisco afirma que o principal problema da disputa é seu formato, que privilegia grandes equipes em detrimento àquelas com menor condição financeira.

- O formato é muito falho. Tínhamos uma boa equipe que não merecia ser rebaixada, mas, infelizmente, não conseguimos encaixar o time neste curto período de jogos, e tivemos de pagar um alto preço. Mas temos de sair fortalecidos desse momento ruim e regressarmos mais fortes. A Série D já está batendo na porta e servirá para não cometermos os mesmos erros.

Apesar de o elenco do Tigre ainda não ter sido montado completamente para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro, que terá início no fim de maio, o jogador acredita que o time tem tudo para realizar uma boa campanha e conquistar o sonhado acesso à Série C.

E, se depender da liderança e da vontade de João Francisco em alcançar mais um importante marco na história do São Bernardo, o time pode se considerar vitorioso antes mesmo de entrar em campo.

- O São Bernardo tem uma história curta, mas muito vitoriosa. Em todos os campeonatos que entramos, não vamos apenas para disputar. Temos de entrar com a convicção de que o acesso é possível. A equipe ainda não está montada, teremos jogadores saindo e outros chegando, mas quem vier ao clube, tem de ter uma mentalidade vitoriosa e acreditar piamente no acesso à Série C.


Comentários